[RPG] Byouki no Sekai

Página 19 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21, 22  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mycha em Seg Jan 26, 2015 1:14 pm

- O que aconteceu com o Soul? - Perguntei. - Ele se... transformou?
avatar
Mycha

Mensagens : 119
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Jan 26, 2015 1:16 pm

- Ainda não..ainda - falei - Então, o que vão fazer?
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mycha em Seg Jan 26, 2015 1:18 pm

- Tio Nerv, é contigo. Você é o dono dessa porra toda. - Disse Yosh.
- Po. - Disse Nerv. - Já estou velho, não consigo pensar direito.
- Recaalq. - Falou Rose, como sempre, enquanto comia suffle.
avatar
Mycha

Mensagens : 119
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Jan 26, 2015 1:22 pm

- É um longo caminho - falei - Partiu perder peso

- PARTIU WHOOOOOL - grita Mussy - BORA!!

- VAM CORRENDO - gritei

- É DO OUTRO LADO DO MUNDO RECAALQ - grita Rose

- FODA-SE VAMO - gritei

- NAUM - Rose

- V-vamos.. d.d..de carro - diz Mary

- Sem graça - falei cruzando os braços - Vam bora então, eu dirijo õ/

- Você é de menor ò.ó - diz Nerv

- Voce tinha deixado antes e..aff vamos logo
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mycha em Seg Jan 26, 2015 1:24 pm

- Ir de carro até o outro lado do mundo é foda viu - Falei. - Não é melhor ir de avião?
avatar
Mycha

Mensagens : 119
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Jan 26, 2015 1:25 pm

- Está tudo invadido os aeroportos - diz Nerv

- Seja grata de não termos de ir de bicicleta - falei
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mycha em Seg Jan 26, 2015 1:32 pm

Respirei.
- Mas como vamos chegar até lá de carro? os continentes não são todos ligados por terra.
- Bitche, isso é um rpg, aqui tudo pode acontecer. - Mussy fez um joinha igual ao power ranger.
avatar
Mycha

Mensagens : 119
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Jan 26, 2015 1:35 pm

- Quando chegarmos lá roubamos algum barco e vamos de bicicleta o resto ou moto - falei - É so improvisar.. deve ter muito veiculo por ai solto

- E lojas de suffle - diz Rose

- ENTÃO, PARTIU - grita Mussy - PEGUEM SUAS ARMAS Õ/ VAM BORA ZEQUINHA
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mycha em Seg Jan 26, 2015 1:39 pm

- U-uh a-ah - Disse Zequinha no seu macaquês, ele subiu na cabeça de Mussy e começou a catar piolho.
- Vam comer mt suffle no caminho bro. - Disse Rose para Ichigo.
- Claro. - Respondeu ele.
- PARTIU WHOOOL - Gritou Baby
- LERIGO POVÃO - Falei. - Aé, e o Soul, o que faremos com ele? - Perguntei
avatar
Mycha

Mensagens : 119
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Jan 26, 2015 1:47 pm

- Ele esta em um lugar secreto da NERV - disse - Espero que seja seguro...

- Não da mais para entrar no QG - diz Nerv - Por tanto, entrem no carro e vamos

~~

- HA HA HA HA - ria um cientista em uma ilha desconhecida - Com esse virus que ingeri em hospitais e comidas todos seguiram apenas a mim

- Messssssssstree - diz um dos infectados controlado - Aquele grupo continua querendo acabar com seus planos, estão vindo para cá

- Benditas cameras espalhadas - diz ele - E aquele que ingeri um virus um pouco..diferente?

- A criança daquele dia? - balançou a cabeça - Bom, agora um rapaz.. Prenderam ele

- Hmm - coçou a cabeça - Vamos fazer uma surpresinha para seus amigos
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Seg Out 12, 2015 12:07 am

_ Gente antes de sairmos, quero só dizer que se não voltarmos com vida daqui... Bem... quero que saibam que adorei o tempo que passamos juntas. - Disse pegando munição enquanto Zequinha colocava um capacete em minha cabeça. - Voltem com vida, aliás estão me devendo 50 mil dólares de roupas.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Out 12, 2015 12:14 am

- C-CINQUENTA MIL? - grita Mary, o que surpreendeu a todos.

- Bro para de assobiar, é culpa tua isso - diz Rose

- Oi? - me faço de desentendida,mudando o assunto - Sera que chove?
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Seg Out 12, 2015 12:16 am

Encaro Baby por uns instante e do um suspiro em sinal de derrota.

_ Yosh! - Falei juntando um pouco de animo. - Então preferem se separar ou andar em grupos?


_ Mas a ideia não era a gente se separar ? - Pergunta Mycha confusa.


_ Só ta querendo um tempinho para os seus romances, né mocinha? - Debochei.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Out 12, 2015 12:21 am

- E-eu..pr..efiro separar - diz Mary, que trabalha melhor nessas condições

- Bom - respiro fundo - é melhor separado mesmo, creio que cada uma queira ir em algum lugar em especial,certo?

Encaro a todas, aliás estavamos em uma guerra de infectados, é normal quererem ir em algum lugar em especial, antes de tudo.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Seg Out 12, 2015 12:23 am

_ Sim, na verdade eu tenho. - Digo cabisbaixa. - Ei, ecchi-kun. Vem comigo? - Dou um meio sorriso, ele não responde nada, então suponho que seja um sim. - Então, Budu. Quando tudo acabar aqui será nosso ponto de reencontro! Certo?

_ Certo! - Falam todos em coro.

_ Bereza desu.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Out 12, 2015 5:46 am

Pego o carro negro onde estava antes, Mary opta por um tanque de guerra da empresa Nerv, assim cada uma escolhendo um meio de transporte para si.

- AEEEE PORRA!! - grita Mycha em sua motoquinha infantil

• • •

- Eu.. preciso achar a cura, o culpado de tudo, antes que seja tarde. - Disse para mim mesma, mudando as coordenadas do GPS. - Espero reencontrar todas vocês.

Me pergunto por quanto tempo ficaremos separadas, e se seria realmente uma boa ideia, ao menos estava sossegada, por saber que Yosh estava com Mycha, e Ichigo com Rose, assim elas não estariam só. Mussy, não pude ver se alguem a acompanhava, já Mary, possivelmente Nerv a protegia as escondidas.

- Não se transforme ainda Soul.. - continuei falando comigo mesma, em voz alta.

• • •
- AHHHHHHHHHHHHRGH - um berro agoniante ecoava, Soul tocava uma parte do seu rosto, coberta pela sua franja, ele sentia, estava se transformando. Aos poucos, precisava lutar, mas era difícil.

• • •

- Então bro, partiu comprar sufle de morango antes de matar os zumbi? - disse Rose

- Mas o vendedor da confeitaria se transformou.. - Ichigo a avisou

- A gente se entende com ele bro - diz Rose, andando na frente, livre leve e solta. Atacando os infectados com seu machado.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Jo-shito em Sex Nov 27, 2015 1:00 am

Cidadezinha pequena, em algum lugar do país, acordo com um zumbido no ouvido. Era uma mosca, af, que terrível, não dormi quase nada, e eu estava apenas no telhado de uma casa qualquer, talvez Noel esteja me procurando, e aí que fome, preciso fazer algo.
Peguei minha espada ao meu lado e saí do telhado, dava pra ver o sol surgindo, estava meio na metade, era considerado praticamente dia, e pouca gente está acordado, a maioria está apenas para olhar e ver se não surge nenhum infectado. Por fim, entrei em minha casa, e vi Noel dormindo no sofá.
- Aí! - bati meu joelho na mesa, e ouço Noel se mexer, queria tanto que ela continuasse a dormir, as vezes ela fala de mais, e isso me dá nos nervos.
Peguei algumas coisas na geladeira e comecei a fazer omelete, ainda não entendo como Noel não consegue fazer algo tão fácil como isso.
A ponto disso, me lembrei  de quando eramos pequenos, e acabei lembrando de muito mais coisas.


Flash Back 1 ⇝ Um omelete para fazer, uma amiga para fazer.
As aprendizagens com a culinária tinham sido surgidas com meu pai, ele me ensinou tudo, mas nada disso importa, o que havia acontecido ali, foi o inicio de uma grande amizade que irá durar. Eu queria muito aprender a fazer omelete, mas tinha acabado o ovo, pra mim eu achava fascinante a arte de cozinhar, de bater ovo em um pote e formar aquelas bolinhas no meio de uma coisa meio grudenta, do jeito que acontecia quando caia na frigideira, meu pai tinha que trabalhar, não tava com tempo, quando finalmente teve tempo o ovo tinha acabado, e isso não era justo, eu queria muito, então eu mesmo fui correndo até algum mercado e comprei alguns ovos, com um dinheiro que tinha achado nas coisas dos meus pais, eu fui correndo voltando pra casa, feliz da vida como se algo esplêndido fosse, tinha muita gente, e eu era muito baixinho «Não me admiro ter crescido tanto!», por fim, tropecei em algo e caí, e foi ai que algo esplêndido aconteceu: OS OVOS CAÍRAM NO CHÃO E SE QUEBRARAM!. Me pus quase a chorar, e então surgiu uma menina, de cabelos brancos, um pouco mais alta que eu «Que agora é metade de mim!», dando a mão para me levantar.
- Quer ajuda? - disse ela com um sorriso no rosto  - Eu me chamo Noel!
OBS: Finge que não tem esse tapa olho na cara dela </3.
Peguei na mão dela e me levantei, logo então olhamos pro chão, e estava todo cheio de 'gosma amarela'.
- Eita, seus ovos.. vem, vamos comprar outros - disse ela pegando minha mão e me puxando
- M-aaas não tenho mais dinheiro! - falei  a ponto de cair com ela me puxando
- Aaah! Não tem problema, eu pago! mas me prometa algo, é bem simples... - disse ela - Quero que sejamos amigos! - sorriu.
- Certo.. - dei um sorriso na ponta da boca
Logo então entramos em um mercado qualquer e compramos ovos, até á mais do que comprei na outra vez. Íamos nos despedir, mas perguntei se ela poderia ir na minha casa, queria comer o incrível omelete que meu pai faz, e aprender a fazer também. Queria até mesmo, cumprir a promessa dela, pois seriamos amigos, era praticamente um dos meus primeiros amigos, eu tinha poucos, muito.. pouco. Ela foi, e foi aí que minha MELHOR AMIGA surgiu, e minha história começou.




Flash Back 2 ⇝ Um vírus que se espalha e transforma
Posso te dizer o quanto odeio, ODEIO, esse vírus? Ele destruiu minha vida, ou quase parte dela, tenho quase certeza que estou vivo, pelo menos por fora, por dentro quero gritar, até não poder mais, já gritei uma vez, quando aconteceu. Não tinha apenas minha amiga para conviver e meus pais, eu tinha uma irmã, quase gêmea, eramos muito mais amigos do que irmãos, minha irmã e minha amiga me fazia um enorme alivio, um sossego, dividíamos  segredos, sonhos, tristezas e alegrias, não que eu tivesse outros amigos, mas apenas elas duas me dava o poder de dividir parte de mim com elas, e elas comigo, mas depois do vírus nada mais me fez ter mais ódio que isso.
Era de tarde quando aconteceu, simplesmente surgiu na TV avisando o surgimento do vírus e que devíamos nos proteger, logo então muitas pessoas começaram a ser contaminadas com os denominados infectados, e logo as ruas da cidade e do país foi devastada por eles. Já estava anoitecendo, e então alguns infectados surgiram nas nossas portas, batendo, estavam prestes a querer derrubar ela, botamos algumas coisas nela pra segurar e começamos a nos proteger, estávamos bem protegidos: Facas, armas, Espadas... entre outros, já tínhamos, pois meu pai além de saber a arte da cozinha, já foi soldado de uma guerra, ele tinha chance de sobreviver, mas não conseguiu, pois é, a porta se quebrou e eles começaram a atacar, minha mãe foi a primeira a morrer.
- CORRAM! - disse meu pai. Eu, não queria, estava segurando uma espada, e sabia me lidar com ela, eu conseguia matar, então fiquei lá mesmo, mas pedi que Noel e minha irmã subisse as escadas e se trancassem em um quarto, e pelo menos elas obedeceram.
Matei vários, ou quase matei, vim descobrir bem depois de como morriam. Quando meu pai terminou de "matar" olhamos um para o outro, e então um corpo sem cabeça surgiu atrás dele, e o atacou em cima, e foi ai que morreu, não tive como fazer nada, tive que correr, subir as escadas, chamar as meninas, e quando vi, estavam surgindo vários pela porta da frente.
- NOEEEL! ABRE A PORTA, AGORA!, PRECISAMOS SAIR DAQUI, POR FAVOR, VAMOS POR FAVOR...  RIN!!! - bati com maior força que conseguia
Elas abriram, entrei e então fechamos
- Precisamos sair daqui, urgentemente - falei tremendo, com medo, sem um pingo de calma.
- Cadê o papai??? e a nossa mãe? - disse Rin quase a se por a chorar - Morreram?
- ... - balancei a cabeça, afirmando, ela me abraçou e chorou
- Aqui! COME ON! Vamos sair pela janela e subir até o telhado para atravessar até o outro lado e pegar o carro - disse, e então ouvimos alguns grunhidos do outro lado da porta.
Como dito, saímos pela Janela e subimos até o telhado, ai então atravessamos ele e descemos para onde o carro tava, por sorte não tinha nenhum infectado por lá, como eu tinha visto não.
- Vamos vamos! - disse Noel
Estávamos entrando dentro do carro, quando então Rin estava entrando e um infectado surgiu e a puxou, logo vários estavam por lá.
- RIIIIIIIIIIIIIIIIIN! - gritei, desesperado, e então fechamos a porta e Noel botou o pé fundo e deu uma ré, derrubando todos que tinham por ali  atrás, e então acelerou de vez e foi em frente, ela nos levou até a casa dela, queria ver se os pais dela ainda estavam lá, vivos, e por péssimo que esteja, não estavam.
Fomos até um local um pouco longe da cidade, mais próximo a praia, e ficamos lá, dentro do carro, choramos. Ali era o inicio de um fim.
• • •
Depois que amanheceu, ouvimos no rádio que alguns estados estavam oferecendo vilas e lugares protegidos, ou quase protegidos. Vimos alguns carros passando, decidimos seguir e entramos em uma dessas vilas que estavam oferecendo, mesmo assim, isso não ia mudar nada, perdemos nossas família, e estávamos sozinhos, eu estava com medo, eu queria fazer de tudo para voltar ao passado e viver aquilo de novo, queria ser feliz. A partir de hoje, não conseguirei mais dormir, por mais que eu consiga, e se eu conseguir dormir, serão poucas horas, no máximo até minutos, estou com medo, é apenas isso.


Uma massa de omelete cai na frigideira, e assim começa o dia. O que vai acontecer hoje? Nada, espero.
avatar
Jo-shito

Mensagens : 46
Data de inscrição : 25/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Sex Nov 27, 2015 1:20 am

Mary, espreguiça-se de dentro do tanque de guerra, onde optou por dormir. Já que parecia mais seguro. O abriu sentindo os raios de sol penetrarem dentro de seu "transporte", deu uma breve olhada ao redor, nenhum infectado. Felizmente.

- Que saudades do meu lolzinho - suspirou, tirando uma bolacha de sua mochila. Logo a comida acabaria.

Ouviu seu celular tocar.

- A-a-lo? - atendeu, timidamente. Era Nerv.

- Mary, você está bem?

- S-sim - respondeu

- Logo irei te encontrar, pelo rastreador - informou - Preciso que você crie algo, que possa nos ajudar.

- C-certo! - Mary ficou animada, ao saber que poderia ser de grande ajuda. Para seu.. senpai.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Sex Nov 27, 2015 3:46 pm

Nós dois estávamos à caminho de achar algum bando de infectados, pelo menos esta era para ser a ideia principal, se alguém não quisesse passar na loja de churros.

_ Isso não é hora para um lanche da tarde. - Digo em voz alta para meu parceiro loiro, que aparentava estar nem aí para meus chiliques . - Bem quando eu estava toda animada e empolgada, moou... - Fiz bico.

_ Não é um qualquer 'lanche da tarde', Monkey-chan - Ele diz com uma voz calma - É churros, e não tem horário melhor para comer churros. Ah, quase esquecendo! - Ele se vira para mim.

Olho para ele um pouco curiosa.

_ Não se preocupe! Ouvi dizer que lá na china estão fazendo um novo zoológico, lá você poderá brilhar mais que o sol, Monkey-chan - Falou batendo a mão de leve em minhas costas dando leves gargalhadas.

O resto já poderiam imaginar, eu berrando com ele enquanto ele da de ombros e volta à andar em frente, apenas o seguindo e reclamando de coisas aleatórias, qualquer uma que viesse em mente.

Achei que isso deveria ser uma aventura, não um show para ele me humilhar.

_ Eu te odeio. - Falei alto para que ele pudesse me ouvir, mesmo que não estivesse mais de 2 metros à minha frente.

_ Oooh. - Ele faz em um tom zombador enquanto comia seu maldito churros. - Guarda isso para depois, estamos num missão importante, esqueceu disso - Ele da uma pausa - Monkey-chan...

_ Irritante , irritante, IRRITANTE - Grito a última parte - Você não pode dizer isso enquanto me fez parar só para  você comprar um simples churros.

Ele ignora meu argumento.

_ E COMER ENQUANTO FALA É NOJENTO. - Bufei, era inútil discutir com ele, parece que o mesmo não liga nada para o que falo.

"Se bem que ...daquela vez ele estava diferente..."

Sacudi a cabeça, tentando me livrar de pensamentos idiotas, deveria me concentrar em outras coisas.

Fazer oque ? Não tenho tantas escolhas assim.

O que me resta a fazer é esperar.

E talvez assim, eu possa conhece-lo melhor.

Quem sabe?

_ Monkey-chan - Ouço uma voz atrair minha atenção. - Quanto tempo vai ficar ai parada? Se um infectado aparecer eu não vou ir ai te ajudar - Percebo que estava parada todo esse tempo pensando e filosofando essas coisas, e nem percebi que estava parada feito um poste idiota. Olho para ele , estava mais longe de mim desta vez, ele apenas volta à andar.

Eu por parte, dou um largo sorriso e aperto o passo para alcança-lo.

Talvez não seja tão ruim ficar com ele...

Pelo menos não como eu imaginava que seria.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Sex Nov 27, 2015 4:08 pm

- Acha que pode fazer isso? - Nerv pergunta, após explicar para Mary seus planos

- P-pode ser u-um pou-pou-co complicado... - respondeu - mas eu consigo

- Ainda bem - Nerv suspirou, sua careca refletiu com a luz do sol - Conto com você, Mary.

Mary sorriu, pegando seu laptop para começar o projeto

" Tem que dar tempo " - pensou, enquanto Nerv ia embora, seu celular tocou mais uma vez.

- MARY?! - ouviu uma voz gritar

- B-baby? - perguntou,afastando o celular do ouvido

- PRECISO DA TUA AJUDA VEI - gritou Baby
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Jo-shito em Dom Nov 29, 2015 4:12 pm

Como planejado, fiz um omelete e peguei leite na geladeira e alguns sucrilhos no armário. Logo então Noel acordou, pelo menos espero que tenha dormido o dia inteiro.
- Ohaayo! - disse Noel se espreguiçando e olhando para os lados - Você viu meu celular?
- Ohayo... não, não vi, por quê?
- Preciso entrar no AmorDoce para pegar meus PA's, e tentar mais uma vez aquele joguinho das pétalas, e eu queria MUITO conseguir pelo menos uma única vez 20 PA's, a Chino vai me pagar por não conseguir PA's, e visto, espero que esse vírus não tenha se espalhado para outros países! - disse reclamando
- É bem provável que não, até porque nosso país parece uma ilha, no meio do nada... - falei meio sonolento
- Dormiu hoje? - disse Noel percebendo que eu estava com um terrível sono
- nãao... - falei - como você sabe?
- Ta escrito na sua cara! faça pelo menos um café, vai que acorda um pouco.. - disse ela se sentando em uma cadeira qualquer na mesa para comer - Mas enfim, quase nem eu mesma estou dormindo direito...
- Filhos da p.... - falei irritado, em relação aos infectados e ao próprio vírus.
- Ai... meu olho - disse Noel tirando a venda de um olho, a coloração do olho havia mudado, estava amarela, enquanto o outro olho era o vermelho, que parecia um rubi. Incrível, os olhos dela são mesmo bem preciosos, os únicos até sua bisavó e sua família passada que tinham essa mesma cor de olhos.
Não dormimos quase nada durante essas semanas, porque mesmo que nós estejamos em vilas fechadas a muros, ainda tem possibilidades de infectados a atravessar o muro, e isso aconteceu algumas vezes, algumas pessoas dessa vila acabaram que tiveram de serem mortos por serem contaminados, e eu tenho uma grande responsabilidade de esconder a verdade sobre o que aconteceu com Noel.


Flash Back 3 ⇝ Don't make me cry, I haven't lost!
Mesmo que tenham muros nessa vila para segurar quais quer ataques de infectados, ja teve a possibilidade dos próprios ultrapassagem o muro. Quando chegamos nessa vila, teve uma vez que a vila fez uma festa, e de certa forma, os infectados acabaram fazendo um montinho em cima um do outro tentando pular o muro, e alguns conseguiram entrar. Eles foram atraídos pelo som, mas conseguimos mata-los, e depois disso, foi difícil ver um sorriso nas pessoas da vila, foi  triste.
A festa tinha seu lado simples: sucos, salgadinhos e docinhos, brincadeiras simples e etcs, queriamos celebrar por estarmos vivos, mas enfim, eles estragaram tudo de novo.
- Isso é lindo.. seria legal se Rin estivesse aqui.. - falei observando 3 crianças brincarem com seus pais e entre outras pessoas, estavam fazendo uma roda e cantando, batendo palmas, até que então alguma mulher de algum canto da vila gritou.
- Sim seria..já volto - disse Noel indo em direção á casa
- Ya! - falei
Um segundo grito surgiu e isso realmente parou a vila inteira, algumas pessoas foram olhar, enquanto isso, eu tive um pressentimento de não deixar Noel sozinha, fui atrás dela, segurando minha espada, e quando vi, ela estava matando infectados, até que então outro pulou em cima da Noel, ela prendeu a respiração, mas ficou com os olhos bem atentos, até que um pingo de sangue desse infectado caiu em seu olho.
- NÃAAO! - gritei e fui correndo e ataquei o infectado com as pernas, atirando para longe, por sorte ele não havia feito nada com a Noel, mas ele se levantou correndo indo direto me atacar, até que então acertei-o com minha espada, exatamente no coração, e isso era um detalhe bem precioso, conseguimos entender como morriam: apenas morriam se seu coração morresse, e para morrer, deveria acertar direto no coração para o corpo inteiro perder vida por completo.
Peguei Noel as pressas e entrei dentro de casa, ninguém poderia saber que ela teria alguma possibilidade de se transformar, e eu não queria ficar sozinho, de forma alguma, já tinha perdido minha família, não queria perder a Noel também, de forma alguma. Eu peguei uma venda e botei nela, fingimos que ela tinha escorregado e batido o olho em algum lugar ou que ela teria sido socada ou coisa do tipo, qualquer coisa que tenha feito ela por aquela venda no olho. É esse meu segredo, é essa a verdade nua e crua. Eu a coloquei deitada no sofá e fui correndo a cozinha procurar algum soro ou alguma coisa, não havia soro, mas eu peguei água e pinguei um pouco no olho dela, eu estava tremendo, chorando.
- Por favor Joshu!

                                         "Não chore,
                            não me faça chorar,
                            eu ainda não morri,
                            eu ainda não perdi!"
                                            - disse ela.


- Noel, eu não quero  te matar, EU NÃO QUERO TE PERDER! - chorei  e berrei
- Eu estou bem.. eu estou aqui... - disse ela, que se levantou e me abraçou e me consolou, já eu, chorei muito, até não poder mais, nunca mais.


- Noel... - falei - seu olhos está amarelo.. alguma coisa está acontecendo! - fui até ela para olhar o olho dela até que ouvimos um alarme, e estava tocando em toda a vila, pegamos nossas coisas e saímos para fora e vimos: o portão havia sido aberto e muitos infectados entraram, a vila ja estava se infestando.
- JOSHU PRECISAMOS IR! - disse ela  tirando  sua espada e acertando em todo e qualquer infectado que surgia ao redor dela
Eu fiz o mesmo, e saímos correndo, para o portão, mas ele estava lotado, não tinha como nós atravessarmos, a unica chance era correr para o outro lado da vila, que dava pra uma floresta, mesmo assim fechada, de alguma forma tinha de algum jeito como sair por la ou talvez ir pelo esgoto..
- Noel! por aqui - falei me enfiando dentro de um buraco que dava pra o esgoto.
Ela entrou logo depois de mim, de sorte alguma não conseguimos ver nenhum infectado, tendia a ser bem difícil achar algum por ali por ser um lugar bem silencioso, mas bem fedorento. Continuamos nossa caminhada e fomos bem longe, e então subimos e estávamos em uma cidade, nada reconhecível, também que eu nunca tinha vindo até ela. Subimos e fomos correndo em direção á direita e continuamos reto, olhando para todos os lados, até então que nós já estávamos cansados, andamos muito. E nada, estávamos sem nada e nem ninguém, até então começou a chover, minha visão estava embaçada, mas eu conseguia ver alguém de longe, me pus a andar junto com Noel, e ir até eles pedir ajuda, mas não consegui. Eu caí, estava tonto, não vi mais nada, nem Noel. Ou talvez sim, eu ouvi alguém pedindo ajuda, talvez gritando.. não sei, eu apenas fechei os olhos e não vi mais nada.
[• • •]


Acordei em uma cama, não sabia onde estava, Noel não estava ali, me pus em desespero: Cadê você Noel? Onde eu estou? Como eu saí dali?
avatar
Jo-shito

Mensagens : 46
Data de inscrição : 25/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Dom Nov 29, 2015 5:28 pm

- C-certo - ela gaguejou como sempre, sua voz parecia preocupada no celular - como po-posso ajudar?

- Eu preciso te encontrar - falei - Acho que irei precisar de tua ajuda para ir até um local

- Tu-tudo bem - pude ouvir Mary respirar profundamente - sabe onde me encontrar, n-ne?

- Sim - respondi,desligando. Por sorte tínhamos o GPS para nos localizar, se algum de nós não aparece-se nele, significava que estava fora de jogo. Infectado.

Dei a partida no carro, atropelando alguns infectados que estavam em volta, batendo no vidro blindado. Deixei o celular ligado, para saber onde Mary estava. E assim, fui correndo pelas ruas. O caminho foi longo, não imaginava que ela estava tão distante. E talvez por esse motivo, tudo o que eu havia planejado, mudou.

A bolinha que indicava onde Mary estava, começou a piscar rapidamente. Sem entender nada, continuei.

Ao chegar lá, pude ver. O tanque de guerra totalmente invadido por dois infectados, e mais um monte, não sei quantos, em volta. Abaixados perto de um corpo.

Um corpo..

Comecei a tremer, já imaginando de quem seria aquele corpo, ao olhar atentamente, vi o rosto de Mary, seu rosto estava vermelho, lágrimas escorriam violentamente por seu rosto.

Seus lábios se moveram, dizendo suas ultimas palavras, seu último desejo.

" Ma..te..me "

Retirei minha katana de minha cintura,colocando a mascara de ar, correndo até lá, matando cada infectado, cada maldito infectado. Gritava, os xingando. Em vão, eles partiam para cima de mim, sem medo de acabarem com suas vidas, alias, que vida? Eles eram simplesmente monstros. Que um dia, já foi uma humanidade.

Agora, eles não possuíam sentimento algum, e por isso.. Eram considerados mortos.

Quando finalmente sobrou apenas eu e Mary, me abaixei ao seu lado.

- B-baby - ela sorriu - acabe logo com isso

- Não, não posso! - sacudi a cabeça em negação, meus olhos já estavam vermelhos pelo choro

- E-u não quero, virar um deles - olhou para um dos infectados se deteriorando. - Por...favor

- Ma-mary.. - não sabia o que falar

- Ah, m-meu n-nome é Hibiki - ela revelou, sendo suas últimas palavras

Seu corpo começou a tremer, gritei pelo seu nome, mas nada ela respondeu. Espuma começou a sair de sua boca, seu olhar era de desespero, um desespero enorme, estava em pânico, suplicando por sua vida. Sua vida humana.

Levantando-me, cravei minha katana em seu coração. Encerrando o processo, e assim ela pode morrer em paz. Enterrei seu corpo, em uma árvore ali perto, eu não deixaria seu corpo em volta de infectados. Após isso, corri para seu tanque de guerra, que agora já não estava mais invadido. Peguei seu laptop e corri para meu carro. Partindo para longe, para bem longe dali.

Ao abrir o laptop, me deparei com uma senha. Digitei seu verdadeiro nome Hibiki, e assim tive acesso a tudo.

A primeira coisa com que me deparei, foi uma inteligencia artificial. Ele tinha o mesmo perfil de Mary, mas agora atendido como Hibi. Então, ela era ele..

Era isso que Mary estava criando esse tempo todo, uma forma de nos ajudar mesmo depois de morto, com sua inteligência e os dados que juntou.

E com isso, eu sabia, eu irei descobrir o culpado de tudo.

avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Dom Nov 29, 2015 9:24 pm

~FlashBack~

Eu e o Ecchi-kun estávamos andando sem rumo atrás de algum infectado, porém a área à que fomos enviados não tinham muitos, no máximo três a cada uns quinze minutos.

No meio desta caminhada fomos avisados que o Quartel da Nerv já havia sido varrido e limpo, o que significava que; todos os infectados que haviam por lá já foram eliminados, oque era muito bom, quase um milagre, não imaginava que voltaria para lá.

_ Bem, foi uma chatice - Comentou o loiro com olhos cor esmeralda ao meu lado. - Vamos voltar?

_ Sim - Falei pegando meu celular e contatando ao resto do grupo que o Quartel já estava liberado. - Espero que todas estejam bem... - Ele apenas assentiu com a cabeça.

No meio da nossa trajetória de voltar para o Quartel encontramos a sombra de duas pessoas andando, uma parecia estar gritando por ajuda, enquanto o outro parecia estar aos poucos desmaiando.

_ Você está ouvindo e vendo, ou estou louca? - Perguntei

_ Vamos lá verificar. Devem ser sobreviventes. - Disse meu companheiro pegando seu celular - Irei chamar alguém para cá, já devem ter alguns do reforço hospitalar lá no Quartel.

_ Certo - Assenti e apertei o passo aonde via a moça segurando o amigo - Droga, não sei nada de primeiro socorros. - Falei me aproximando dela

_ Tudo bem, me ajude a pega-lo. - Diz ela tentando manter sua calma. Ela parecia ser forte...

E assim, nós duas pegamos o menino, uma de cada lado, ainda bem que ela estava bem, não sei se conseguiria sozinha.

_ Não prefere que eu carregue esse também? - Diz o Loiro para mim enquanto eu ajudava a outra a carregar seu companheiro. Provavelmente já deveria ter chamado algum tipo de ajuda para nós.

_ Não! Ta tudo bem - Disse forçando um sorriso, como se estivesse acostumada com aquilo, tinha que ser útil pelo menos em alguma coisa. - Isso é o máximo que consigo fazer até agora, me desculpe. - Disse abaixando a cabeça um pouco.

_ Você já está fazendo o bastante. - Ouço a voz que pertencia a moça que estava ao meu lado. - Obrigada.

Aquelas poucas palavras soavam sinceras, e mesmo não sendo lá grande coisa me deixaram muito feliz.

_ A ajuda chegará daqui a pouco - Ecchi-kun fala. Suspiro aliviada - Só temos que sair daqui, antes que um daqueles infectados cheguem.

_ Ok! - Falei, e a menina assentiu com a cabeça.

"Aguente firme".

Após uns quinze minutos chega um carro para nos levar ao Quartel, assim que chegamos providenciamos rapidamente um médico. Felizmente nenhum ferimento era grave, o menino só havia desmaiado

Colocamo-o em observação, em um quarto mais reservado, e claro, com os melhores médicos que achamos.

~Fim do FlashBack~


Última edição por Mussyinha em Dom Dez 13, 2015 7:30 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Seg Nov 30, 2015 3:00 am

- Hibi.. - digitei, esperando que ele aparece-se.

- Pode me chamar de Mary, é melhor assim, n-né? - sua resposta foi imediata - O que d-deseja?

Incrível, ela, ou melhor, ele tinha posto até mesmo sua personalidade ali.

- Me ajude a pesquisar o culpado de tudo, eu preciso..salvar um amigo. - digitei rapidamente, pensando em cada palavra

- Um amigo. Souichiro? - riu - Ok.

Depois de morto, fica fazendo gracinha. Eu mereço mesmo.

- A-acho que encontrei - ele voltou - Pelos meus dados, existiu um cientista muito famoso, havia muitas conquistas em sua carreira, bem, até o ponto da ganancia. Devido seu vasto estudo, e sua inteligência rara, resolveu criar a imortalidade, a cura para todas as doenças. O inicio do projeto ocorreu bem, por seus projetos sempre terem dado certo, as pessoas confiaram tomando essa vacina.

- Típico de vilão, criar imortalidade, hmpf - bufei - Vacina.. AK47?

- Exatamente, ele gostava de armas AK47 - explicou o motivo do nome, o que era bem.. estranho - Como já deve imaginar, foi um erro. Pessoas começaram a se transformar, e mesmo parando de tomar tal vacina, nada adiantou, já que é contagiante. Pessoas que perderam suas famílias e amigos, invadiram o laboratório deste cientista e detonaram tudo.

- Bem feito.. - disse

- E ele, perdeu sua esposa, a qual mataram - sua voz entristeceu

- Hmm.. e ai? - perguntei sem saber o que dizer

- Bom, agora ele virou mordomo, é o Jarbas. Ah, e jura vingança por sua esposa. E principalmente por Mussy o maltratar tanto, ficar pedindo mil coisas, ela é a principal culpada. - disse em uma voz monótoma

- O que ele pretende? - perguntei querendo saber de seus planos

- Como já deve saber, infectados tem níveis. Ele pretende pegar o nível mais forte e detonar o mundo inteiro, estes infectados são os que ainda tem um pouco de consciência humana, mas, por alguma razão ou droga obedecem ele. Como o.. Soul.

- C-COMO? - foi a minha vez de gaguejar

- É isso. Infectados do tipo do Soul, sabem agir. Não apenas rastejam pedindo o corpo da pessoa ou babando, eles são ágeis, sabem lutar. De onde você acha que Soul tem toda aquela agilidade? Não é humana. Fez parte da infecção.

- Tem como salvar esses infectados, que ainda possuem consciência humana?

- Deve ter um jeito... só não sei como - respondeu. Bom, a-a-gora t-tenho que ir. Por o lolzin em dia.

Ele voltou a gaguejar, após sair.

Desliguei o laptop, acho que é melhor voltar para o QG e contar para Nerv o que descobri. Espero encontrar alguma de nós também. Principalmente Mussy.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Dom Dez 13, 2015 7:40 pm

Estava na sala principal do Quartel, quando de repente ouço alguém entrando. Viro a cabeça para ver quem era.

_ BABY - Gritei ao ver ela, parecia estar meio séria...

Ela se aproxima de mim.

_ Chega mais perto. - Ela diz. Engulo seco, será que virou uma infectada ?

Não...não parece...

Me aproximo devagar e cautelosamente.

_ Mais perto.

Foi mais uns centímetros mais perto da minha colega, até que sou surpreendida com uma pancada na cabeça pela mesma. Me afasto rapidamente dela com olhar chorão.

_ P-para que isso ?! - Disse com umas voz mais estridente, com lagrimas parecendo de uma criança de cinco anos escorrendo pelo meu rosto. - Malvada, malvada, malvada! - Me isolo num canto da sala e continuo a choramingar por lá. - Mesmo eu estando feliz por te ver. Você não tem coração. Nheee.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 19 de 22 Anterior  1 ... 11 ... 18, 19, 20, 21, 22  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum