[RPG] Byouki no Sekai

Página 22 de 22 Anterior  1 ... 12 ... 20, 21, 22

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Qua Dez 30, 2015 5:02 pm

- Jarbotes ! - Gritei.

- JÁ MANDEI NÃO ME CHAMAR ASSIM GAROTA DOS INFERNOS. - Diz ele esbravejando, quando começa a grita de dor - DROGA BATI O DEDO NA QUINA DA MESA, PORRA.

- UEHAUHEAU. - Mycha solta uma gargalhada.

- O Hikaru está aqui, não tá?! - Gritei.

- Hehe...então você també-

- Chega de viadagem e responde, krl. - Falei cruzando os braços

- Segunda porta a direita. - Falou com um tom tristonho por não fazer seu drama de vilão.

- Aê. - Disse respirando fundo e olhando para todos, fiz sinal de joinha e todos me retribuem sorrindo, e assim parti de lá triunfantemente.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Qua Dez 30, 2015 6:46 pm

Lá havia um corredor, um corredor frio,escuro e molhado. E ao final dele, uma porta.

- Soul.. - respirei fundo, a abrindo. Ao chegar na sala, pude ver ao fundo, Soul desacordado pendurado em uma parede, por fios e correntes. Fios ligados ao seu cérebro. E correntes rasgando seus pulsos. Notava-se que ele havia lutado.

E, o que eu temia havia acontecido. Ele era um infectado, um completo infectado.

- Soul.. - fui me aproximando, calmamente, chegando perto pude perceber as mudanças em seu corpo, seu cabelo havia crescido, seus dentes estavam pontiagudos, veias saltadas, seu corpo era duro como aço. Seu corpo inteiro estava coberto com uma certa pele, qual eu não sei o nome, seus pés e mãos haviam garras. ( Igual do braço dele da imagem )

A única parte humana, era um pedaço de seu rosto. Aliás, quase humana.

- Soul.. eu vou .. - disse esticando meu braço, para toca-lo

Menos uma coisa. Seus olhos, estavam vermelho.

Ele soltou um de seus braços facilmente da corrente, agarrando meu pulso. E me encarou, não como Soul, que iria me puxar para perto de si, mas sim como um monstro, uma fera.

Ele deu um rugido, alto. E ali, eu teria que decidir o que fazer.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Qua Dez 30, 2015 7:57 pm

Segui as instruções que Jarbas havia me dado e entrei na devida sala, e la estava Hikaru, no fim da sala encostado numa parede.

_ Eu estava te esperando. - Diz ele sorrindo.

_ Hikaru. - Disse encarando-o - Vamos parar com isso, vem com a gente. Você ainda...

_ Não Mussy, eu não posso mais. - Diz ele indo lentamente em minha direção - Eu não tenho mais salvação.

_ Você tem sim. - Berrei - Você pode mudar! A pessoa pode mudar a partir do momento que ela quiser realmente. Então...por favor, Hikaru.

O silêncio reinou um pouco naquela sala fúnebre e vazia.

_ Você tem certeza? - Perguntou um pouco melancólico. Acho que depois de bastante tempo, mesmo que estivesse escondido vi uma fresta de luz, que poderia ser a salvação dele.

_ Hm! - Afirmei quebrando a distancia de nós dois, ficando bem frente à frente dele. - Deixa comigo!

Ele cobre o rosto com suas mãos e começa a rir, e aquela risada assustadora não parecia ser um bom sinal. Mas mesmo assim me recusei em recuar para trás, teria que tentar fazer ele desistir dessa ideia de psicopata.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Qua Dez 30, 2015 8:30 pm

- SOUL - gritei, sendo atirada contra a parede - PARE!!

Ele nada respondeu, apenas andou até mim, que estava ainda caída ao chão, cravando suas garras em minhas costas, depois se afastou em um salto. Tirando uma katana, e ali se iniciou uma luta de espadas. Ambos em ritmos rápido, olhos de uma pessoa normal, de uma pessoa que nada sabe sobre a luta, mal poderia ver os movimentos.

Movimentos como uma dança, saltos ao ar, faíscas saindo, um barulho alto, rodopios e desviamentos.

- Já que é assim - limpei o sangue da boca, com minha mão direita - Vamos lutar, mas eu juro, não irei mata-lo, SOUL, EU VOU TE SALVAR!

Meu plano era deixa-lo inconsciente, e assim pensar em algo para fazer, Nerv estava procurando a cura, então quem sabe...

Porém, ele seus ataques eram precisos, 80% de acerto, o chão estava coberto de sangue, pelo meu sangue, começava a tontear, desse jeito quem seria morta, seria eu.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Jo-shito em Qui Dez 31, 2015 3:32 pm

Ficamos apenas Eu e Nerv, se possível, acho que iriamos nos separar por ter nossos objetivos diferentes, enquanto Baby e Mussy iam por caminhos inversos, eu e ele parou para comer, e nos demos a conversar nesse meio tempo, e por incrível que pareça, aquele andar era o mais calmo de todos, sem um único infectado.
- Eu temia que Jarbas quisesse pegar Noel, ela tem de certa forma o poder do nosso futuro, e como todo vilão é, ele diminui todas as chances de vitória de heróis...
- Ela não pode morrer, não e nem nunca.. - falei a me segurar as lagrimas - é a única pessoa que tenho e é a única pessoa que..
...que amo.
- Hum, temos um amor nascendo entre dois velhos amigos, não é? - disse Jarbas
- CALA A BOCA! - gritei
- Que tal vim até aqui? Ela está bem aqui, ouvindo cada palavra que você disse.. - continuou - E você? Meu irmão, porque não vem falar com seu querido e HORRÍVEL irmão que tem? Se bem que eu não iria me caracterizar assim..
- Awrh - Nerv rangeu os dentes, com um pouco de raiva descrita em seu rosto
- O elevador a frente. - falou, e então uma porta se abriu.
Terminei minha ultima mordida exatamente bem na hora que a porta se abriu, e fui entrando no elevador, logo depois Nerv entrou e o elevador subiu. Para o ultimo andar, o andar do chefão.. do vilão.
avatar
Jo-shito

Mensagens : 46
Data de inscrição : 25/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Qui Dez 31, 2015 3:49 pm

Após vários ataques e golpes, em um momento incerto, não me pergunte como, eu já estava ficando fora de si devido o cansaço, mas naquele momento, eu vi uma lágrima escorrer do olho de Soul. Ele me olhava com pena.

- Soul - disse, me desconcentrando da luta, e ali, bem nesse momento, senti minha katana ser puxada, rasgando suas mãos. Atingindo justamente entre seu peito e sua barriga. Bem ali no meio. - SOUL

Gritei, não, berrei ao vê-lo cair de joelhos na minha frente. Uma parte dele ainda era humana. Isso me deixava feliz, mas eu não podia, não queria perde-lo. Com a Katana ainda atravessada em seu corpo, eu não sabia como a tirar, o puxei servindo de apoio, peguei Mary que estava ali até o momento, desligada. E saímos pela porta, em busca de ajuda.

Ele estava lutando ainda, não contra a sua dor, mas contra si, entre sua parte humana. E sua parte monstro, que naquele momento desejava me devorar, aquela parte que estava programada para destruir-me.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Qui Dez 31, 2015 6:43 pm

O tempo parecia passar em câmera lenta, passo à passo ele ia dando em minha direção, mas me mantive forte com os olhos de determinação, assim que ficamos apenas alguns centímetros de distância, começo a sentir minha respiração mais pesada, e foi nesse meio tempo de segundos perdidos que ele pega me pega com sua mão direita o meu pescoço, me erguendo enquanto me enforcava, com um sorriso malicioso em seus lábios e um olhar totalmente distante do que costumava ser, um olhar aonde só transmitia solidão, dor e ódio.

Eu queria liberta-lo dessa dor.

Fiquei me contraindo enquanto ele me enforcava, tentando por minhas mãos tentando tirar a dele sobre meu pescoço, estava ficando cada vez mais sem ar, e isso estava começando a ficar muito perigoso, mas com muita força de vontade consigo murmurar algumas coisas.

_ H..hikaru... - Disse enquanto lágrimas escorriam pela minha bochecha. - Por..favor. - Fechei os olhos tentando conter a dor.

Ele me taca no chão, com isso, sem me importar com a queda, começo a respirar freneticamente enquanto tossia, meu coração estava a mil, não me impressionaria se ele saísse pela boca a qualquer momento.

Antes de me recompor ele sobe em cima de mim, segurando meus pulsos contra o chão, e diminuindo a distância face à face entra nós dois.

_ Eu te dei uma chance vir comigo, Mussy. - Diz ele após um longo suspiro. - Eu sempre te esperei, mas mesmo assim...

Eu não respondo nada, porém me contorci um pouco de dor quando ele aperta forte meus dois pulsos, eu queria berrar e chorar, mas não podia perder a compostura agora.

_ Sempre, sempre, sempre, sempre,sempre,sempre.. - Dizia ele com os olhos arregalados, repetia desesperadamente a mesma coisa, quando finalmente desistiu, ficou uns segundos em silêncio com sua respiração ofegante.

Ele que até agora estava cabisbaixo, volta a me olhar intensamente, quando finalmente decide falar.

_ Não tenho outra escolha sem ser ... - Falou enquanto pegava uma faca bem afiada de um de seus bolos. - Te matar.

~~~~----------~~~~

~Autora's POV~ (se eu colocar Mussy's POV, é porque é minha personagem mesmo -qn)

E lá estavam os outros quatro, que ficaram encarregados de destruir qualquer infectado que resolvesse atrapalhar ou entre outras milhares de coisas que seria possíveis de acontecer, o que é acontece é; ninguém esperava que eles estariam perdendo. Mas claro, ninguém sabia também que haveria milhares deles vindo sem parar, então é óbvio que os jovens cansariam uma hora ou outra.

_ ...Isso é loucura. - Diz Mycha já tonta e desgastada. - É impossível, não vamos conseguir derrotar todos eles, são infinitos tecnicamente.

_ Não podemos desistir agora. - Fala Ichigo - Tem nossos amigos que estão contando com a gente - Após dizer isso mata um dos infectados que estava atrás de Rose.

_ Valeu, bro. - Falou a menina do cabelo esverdeado.

_ Só pode ser brincadeira. - Diz Yosh segurando a Mycha pelo pulso e indo para trás, a sala agora havia se infestado de infectados, e desgastados do jeito que estavam, não tinham como lutar com eles, seria suicídio.

Foram indo para trás, até encostarem na parede.

Mycha com um tom mais choroso enterrou seu rosto sob o peitoral de Yosh, toda encolhida de medo. E Rose apenas segurou a mão de Ichigo, que claro, estava totalmente suado.

Os quatro já sem esperanças, fecharam os olhos, aceitando seu destino, até que...

_ Uennn, meeuanneanaiorae *insira um som de macaco* - Veio um som de um macaco, e sem dúvida era...

_ ZEQUINHA - Gritou Mycha.

_ Oe,oe - Reclamou o loiro dono dos olhos esmeralda encarando-a um pouco irritado.

_ É que não sabemos seu nome sabe -q - Diz Rose.

Após uns segundos aquela sala inteira foi preenchida por vários macaquinho, provavelmente parentes de Zequinha (cujo o mesmo estava com uma coroa e uma capa fodona), todos começaram a atacar os contaminados, enquanto outras equipes de resgate os matavam.

_ Estamos a salvo - Suspira Ichigo.

_ Meu suflê de morango passou diante de meus olhos. - Diz Rose salivando.

_ Pera, o certo é ... - Diz Yosh, porém Mycha corta ele.

_ Como conseguiram chegar a tempo?! - Perguntou

_ Eu ia vir sozinho, mas... - O loiro começou a explicar - A Monkey-chan esqueceu esse macaco, eu havia jogado ele na lata do lixo, e como ele é um macaco bem sem vergonha ele de raiva chamou todos seus amigos, e isso foi bem desagradável...Até a hora de realizar que esses bichos fedorentos e peludos - Mycha fez uma cara de "Você não disse isso, poarr" - Poderiam ser uteis, mas o Líder felpudo só concordou em participar se ele tivesse uma capa, uma coroa e uma motocicleta. Que aliás a motocicleta peguei ali fora.

_ VOCÊ NÃO FEZ ISSO Ò_Ó - Disse Mycha boquiaberta. - ZEQUINHA BORA NEGOCIAR A MOTOCICLETA - Disse a albina, que logo após saiu correndo atrás de Zeca.

_ Cade a Monkey-chan? - Perguntou o loiro para os dois que haviam sobrado, que eram Rose e Ichigo, já que Yosh foi atrás de Mycha.

_ Verdade, a Onee-sama - Diz Rose se lembrando - Precisamos ir ...

_ Eu vou. - Falou o loiro se ajeitando. - Fiquem ai de guarda supervisionando os outros.

Os dois apenas assentiram, e o menino dos cabelos loiros, após pegar informações de onde Mussy poderia estar, foi atrás da mesma.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Qui Dez 31, 2015 7:43 pm

Me encostei na parede, ainda naquele corredor, cansada.  Soul sangrava sem parar, estava agonizando de dor.

- Mary - liguei o laptop, talvez ela pudesse me ajudar

- S-sim? - ela respondeu rapidamente, vendo o estado de Soul em sua câmera pode ver o que acontecia - Oh..o-oque pretende fa-fazer Baby?

- Já vi que esse lugar é enorme - falei - procure um local que posso deixar Soul em segurança

- E-entendido - ela respondeu, e logo várias coordenadas apareceram em seu laptop rapidamente, códigos, mapa de local, etc. Mary era realmente inteligente. - B-baby.. ta-talvez

- Diga - pedi, precisávamos agir rapidamente

- T-tem um lugar.. - ela gaguejou - onde há cientistas, eles tem capacidade de salvar Soul, m-mas não sei se irá ser uma boa...

- VAMOS LÁ AGORA - gritei, não a deixando terminar sua frase, Mary suspirou, mostrando o local pela tela do laptop. Levantei-me com Soul novamente, e fomos até lá.

Passado alguns minutos, poucos, por sorte o lugar era naquele mesmo corredor. Chegamos lá.

- QUEM É VOCÊ? - rapidamente fui abordada por uma pergunta de um deles, haviam muitos lá

- Se..vocês..não o salvarem.. - falei calmamente, havia sangue escorrendo por meu corpo inteiro, meu cabelo estava terrivelmente bagunçado, meus olhos tremiam de pavor, em uma mão segurava a espada de Soul, minhas pernas lutavam para se manter firmes - Eu mato cada um de vocês

Engoliram em seco, eu não estava para brincadeiras, e perceberam isso.

- D-deixa eu a-ajudar, Bab-baby - disse Mary, a botei em uma cadeira para que pode-se falar com todos.

Deitaram Soul em uma maca, onde realizavam experimentos com os infectados. Tiraram a minha Katana de dentro dele, eu observava tudo atentamente.

Até arrancarem seu braço,  o que teve inicio de contaminação.

Ao ver a cena, não pude aguentar, abaixei-me para vomitar, vomitar horrores. A cena era forte, eles arrancavam pedaços de Soul, eu não sabia o que pretendia, vomitava sem parar, ajoelhada no chão temendo o que aconteceria. Eu não podia suportar..

Andei pela sala, saindo de perto do local sujo de vomito, sem aguentar mais nenhum passo cai, desacordada, talvez foi o melhor a ter acontecido no momento.

Mary
Um braço.. uma perna.. fios.. tudo sendo instalado em Soul, tudo estava saindo bem, acredito que Baby não iria concordar com isso de inicio, mas era a unica forma de mantê-lo a salvo. Era o recriando.

- É assim ele - disse, mostrando uma foto de Soul, sem gaguejar dessa vez, era um momento sério - O façam exatamente igual, e deixem suas partes cruciais intactas. Entenderam?

Assentiram com a cabeça, Baby estava desmaiada, e isso era bom, ela não aguentaria ver tanto sangue e membros de corpo assim. Todas suas tripas, figado, estomago, sendo arrancados. Era aterrorizante. Por sorte, maquinas não sentem medo.

Baby

Acordei, limpei a baba de minha boca pelo sono. Olhei para o alto, com a visão ainda um pouco embaçada. Soul estava deitado na maca... ele estava com o corpo.. normal..

Levantei-me, pulando em cima dele o abraçando

- SOUL!! - gritei, mas logo fui surpreendida pela pergunta.

- Quem é você?

- Soul.. - fiquei aflita - Sou eu, lembre-se..por fav..vor..

- Baby, vem cá - diz Mary, séria. Me aproximei dela. - preciso que você me entregue todas as memorias que você tem com ele, tudo o que ele vivenciou conosco. Tudo o que ele te contou de sua infância.

- O que vocês fizeram? - funguei, contendo as lágrimas

- Era o único jeito de salva-lo - ela respondeu

Os cientistas puseram uma espécie de capacete em mim, e em um único flash, vieram todas as memórias que tive com Soul e passaram para Mary, depois o tiraram, fiquei um pouco confusa, mas em instantes voltei ao normal.

- O que vocês fizeram com.. - perguntei, ao ver puxarem um pouco o cabelo de soul, conectando um cabo USB em seu cérebro, com o laptop de Mary.

Uma descarga elétrica circulou por seu corpo, seus olhos voltaram a ter o brilho de sempre, deixando de serem apagados.

- Ba..by.. - ele sussurrou

- Soul? - perguntei confusa

- Bem, ele é um robô agora - disse o cientista mais novo ali presente, devia ter em torno de 11 anos. Essas crianças, tão volúveis.

- Como? - eu ainda estava confusa

- Ele é um robô, ele se lembra de ti agora e de sua infância, graças as memórias que você nos deu, e um pouco das que obtivemos durante anos sobre ele.

- Um robô? - segurei o choro

- Um homem-máquina, se assim preferir - deu de ombros, não se importando

- B-baby - ouvi Mary, a olhei - O co-coração dele está intacto, é sua única parte humana

- Coração? - repeti mais uma vez, sim, eu estava sendo bem idiota ali

- S-sim, e..e.. - diz Mary - e-ele ainda go-gosta de ti, s-sua parte robótica n-não afetou seus sentimentos

- Ba..by - ele me chamou calmamente, pulei para seus braços o abraçando - obrigado, eu..te adoro

- E eu te odeio, seu grande idiota - falei, entre fungadas de nariz, devido o choro - te odeio por você me deixar.

- Chuif - um dos cientistas enxugaram uma lágrima

- Agora, voces tem uma nova vida, uma nova jornada para iniciar - disse o mais velho - Vão jovens, o futuro os espera.

Saimos daquela sala, Soul, Mary e eu. Um novo futuro nos espera. E para isso, precisamos derrotar Jarbas. Precisamos recriar o mundo. O novo mundo.
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Qui Dez 31, 2015 8:59 pm

_ Me...matar? - Disse sussurrando - ...Tudo bem.

Ele olha para mim com um tom de surpreso, porém não diz nada, provavelmente esperando eu continuar.

_ Se isso fizer o Hikaru-kun feliz, se isso fizer você voltar a ser o que era antes, eu não importo. - Falei - ...eu não me importo com mais nada. - Falei derramando mais lágrimas.

O mesmo segurando a faca com as duas mãos, um pouco hesitante, e rangendo os dentes por raiva, quem sabe ? Pegou um fôlego, como estivesse se preparando mentalmente para apunhalar a faca em mim.

Antes que o pudesse a porta se abre, sem poder olhar para trás apenas ouço a voz da pessoa que acaba de entrar.

_ Como você pode dizer algo tão tolo assim. - A voz ecoou pela sala, e eu já sabia muito bem que era. - Francamente, esperava mais de você.

Hikaru logo me solta e se levanta, porém assim que faz isso me pega pelo braço me levantando também

_ Huh. - Uma pequena risada sai pela boca do loiro. - Vai usar ela como vítima? Que clichê. Me da até angústia de ter que lutar contra você...Hikaru - Olhou para o menino sorrindo arrogantemente, e isso provavelmente o deixou muito nervoso.

_ Então eu irei lhe mostrar - Disse me tacando no chão atrás dele, e pegando uma siringa. - O verdadeiro poder de um vírus. - Após dizer isso ele injeta a própria siringa com um líquido contra ele, me afastei rapidamente, seria perigoso se aproximar dele agora, e Yudi deve ter percebido a mesma coisa.

Ele começou a ficar estranho, mas ainda dava para reconhecer como um humano, porém ele transmitia uma aura muito pesada, o que me assustava muito.

_ Hikaru... - Disse vendo-o ficar estável após aquilo.

Yudi apenas pega sua espada e avança nele, não fiquei tão preocupada com ele, pois o loiro realmente sabia o que estava fazendo, claro. Ele não estaria num dos maiores postos sem merecer. Oque me preocupava no momento era Hikaru.

A luta tava sendo bem disputada, a única coisa que eu fazia era assistir.

Mas até que uma hora, Yudi dominou a batalha, e provavelmente iria acertara cabeça de Hikaru, e ele nunca hesita em acabar com sua presa.

Nunca.

_ PARE! - Gritei antes que Yudi pudesse fazer com que Hikaru se machucasse, e acabasse morrendo, o loiro imediatamente arregalo os olhos e parou o que estava fazendo, Hikaru pegou seu momento de vantagem, se desvio de mim e acertou o braço direito de Yudi, fazendo-o largar a espada, que havia voado para o outro lado da sala.

Depois dessa cilada, Hikaru passou a ser o dominante da batalha, e Yudi começou a apanhar, por sorte sendo forte, ele não havia se machucado tanto assim, mas ainda assim era um perigo. Yudi sabia se defender sem nada nas mãos, como sabia lutar também, mas ainda sim estava em desvantagem. Por um milagre ele conseguiu chutá-lo na barriga fazendo-o sair de perto dele, porém como estava machucado ele não conseguia se mover tanto para pegar a espada.

Porém eu estava perto dela, e Hikaru ainda estava prestes a se levantar.

Yudi não falou nada, apenas me olhou. Eu entendi exatamente o que ele quis dizer, eu deveria escolher. Mas eu já tinha me decidido, eu vou...

Libertar o Hikaru, sim eu vou salva-lo, e assim peguei a espada em minhas pequenas mãos.

FlashBack

Estava em e Hikaru sentados num banco pós aula, estava entardecendo e não tinhamos nada de legal para conversar, então decidi puxar o assunto.

_ Hikaru, tem algo que você deseja ? - Perguntei para ele enquanto encarava o céu. O mesmo ponderou por uns segundos.

_ Não tem algo exatamente que eu deseje. - Falou enquanto encarava os pés. - Mas ser feliz é o que mais importa, não é?

_ Não é chato? - Fiz bico - ...não ter algo que realmente deseje...

Ele poem a mão em minha cabeça.

_ Você provavelmente irá achar algo em que dará tudo oque você tem. - Falou sorrindo para mim. - Um dia, provavelmente.

Uma lágrima escorreu pelos meus olhos, e sorri para ele.

_ E eu vou ajudar a você achar sua felicidade! - Falei.

_ Eu já sou feliz! - Disse. - Mas se um dia eu deixar de ser eu... - Olhou para o céu - Você estará lá para me salvar ? Sabe...várias coisas estão acontecendo e...

_ Pode deixa comigo. - Interrompi a fala dele segurando em suas mãos. - Eu irei estar com você até o fim, Hikaru. - Disse determinada, e ele apenas sorri para mim.

E assim ficamos o final da tarde toda, como sempre fazíamos.

Fim do FlashBack

Após pegar minha espada eu apunho-o Hikaru pelo pescoço, lágrimas escorriam pelo meu resto, mas não há nada que poderia ser feito.

Eu irei ficar com você até o fim.

Então não precisa mais ficar assim, você não será mais um escravo de ninguém.

Não precisará de prender a nada louco, e talvez assim.

Você possa voltar ao que era.

Eu te desejo a maior felicidade, aonde quer que você esteja.

Hikaru

Sinto ele caindo para trás, mesmo pesado eu seguro-o para não cair e vou colocando o mesmo no chão, ofegante ele poem suas mãos em meu rosto.

_ Eu ...me lembrei. - Diz ele.

Apenas fiquei quieta.

_ Você realmente cumpriu sua promessa, não é? - Falou dando um pequeno riso. - Eu estava mesmo sendo controlado...Mas eu agradeço, você realmente...

Falou fechando os olhos, eu apenas chorava.

_ Cuide bem dela... - Disse tirando a mão de meu rosto e olhando pro Yudi e logo após voltou a olhar para mim. - Arigatou, Mussy

Não sentia mais pulsação e seu corpo tava frio, na sala o que se ouvia mais era meu choro ecoando por todo lugar, até a hora que senti o corpo de Yudi me abraçando por trás. O que me fez me acalmar um pouco.

Adeus Hikaru.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Qui Dez 31, 2015 10:15 pm

- AEEEHOOOO - gritei em cima das costas de Soul, que me carregava, ao chegarmos onde estavam os outros, menos Josi, Nerv, Mussy e Hikaru, Mycha e Ichigo estavam sendo atacados por infectados, enquanto Rose e Yosh tentava livrar-se deles

- BROOO - gritou Rose

- MANDA A VER SOUL - gritei, e suas mãos transformaram-se em uma arma, saindo um grande raio laser, acertando todos os infectados ali presente

- ISSO ACERTA A GENTE TAMBEM DESGRAÇA - grita Mycha

- Reclama não, pelo menos estão todos desintegrados agora u.u - falei, fazendo hi-5 com Soul - E AE GENTE TUDO NA PAZ?

- Que?.. - diz Mycha

- Quase que meu hp acaba nisso - diz Yosh

- Eu usei revive no Soul - comentei

- Ahn? - diz Soul confuso

- Nada não, nada não u.u - falei - VAM BORA
avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Qui Dez 31, 2015 11:19 pm

Ainda estava caída no chão enquanto ele me abraçava por trás.

_ Você fez o melhor que pode. - Ele fala - Mesmo com antídoto ele não tinha salvação.

_ Eu sei... - Falei chorando - Eu mas... - Cobri meu rosto.

Sinto ele me puxar, para ficarmos frente à frente, ainda com olhos vermelhos e lacrimejando.

_ Você não pode ficar presa à esse passado agora. - Falou - Vamos seguir em frente juntos.

_ ... - Antes de eu poder falar algo e me puxa com seu braço que não estava machucado para mais perto, assim selando um beijo em meu lábios (namoral, quero morrer -qn)

Ficou alguns segundos assim, eu estava chocada com a ação dele que minha mente não parou para funcionar corretamente (tão de zoera se acham que vou detalhar ueahueahu)

Assim que nossos rostos se separaram, o rubor tomou conta de todos meu rosto, fiquei boquiaberta, e antes que pudesse xingar ou protestar sobre isso ele pega minhas mãos.

_ Eu não me importo se você tem um macaco de estimação. - Falou - Ou se você realmente se parece com um. - Senti minha veia estourarem pela minha cabeça de raiva. - Então, você é oficialmente minha namorada.

_ EEEEEEEEEEEEEEEEEEH?! - Depois de um tempo que ele disse isso, caiu minha ficha, e isso era a única coisa imediata que tive em mente.

_ Prefere noiva? - Zombou.

_ Eu nem concordei com isso. - Protestei.

_ Uma hora vai. - Sorriu malicioso.

_ Como...

_ Eu vou te conquistar, mesmo que demore. - Disse ele. - Bem, não será impossível, como você não resistiria a mim? - Sorriu de forma arrogante.

_ Você... - Disse ficando cada vez mais puta, e ele não sendo bobo saiu correndo antes que liberte-se a fera dentro de mim, rindo enquanto eu inutilmente corria atrás chamando seu nome.

Talvez, só talvez, não seria tão ruim ficar com ele.

Mas é só uma possibilidade.

avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Jo-shito em Sab Jan 02, 2016 8:34 pm

Mesmo que a baby tenha tomado seu caminho á esquerda, e mussy á direita, eu continuei ali com Nerv, comemos um pouco. Eu não sabia que rumo tomar. Eu queria muito encontrar Noel, até então Jarbas dá suas falas a minha vez de ir encontrar Noel, e Nerv ao seu irmão, o vilão, o próprio Jarbas.
- E você meu querido? ... Joshua não é? - disse Jarbas
- Cadê Noel, seu imbecil!?! - falei
- Calma.. ela está aqui, só estou me divertindo com ela.. - falou Jarbas
- INFELIZ, ME MOSTRA O CAMINHO PRA EU TE MARRETAR DE PORRADA! - falou Nerv
- ... Irmão! Maus modos que você tem, hum? - disse Jarbas - Aah, mas então.. o elevador a frente, os leva até aqui, creio que queria ver Noel, não é Joshua? - terminou.
Entramos no elevador, e ele subiu, até então que abriu. A iluminação do lugar era um pouco baixa, mesmo tendo varias lampadas nas paredes que dava uma iluminação diferenciada. Sai do elevador, até então percebi que existia algumas celas á direita, com vários infectados.
- E é isso que você ficou fazendo durante todo esse tempo? Experimentos com humanos e criações de vírus infecciosos? - falou Nerv
- Pois é... - disse Jarbas - Virou minha rotina! É algo legal de se fazer, mexer com vírus, infectar uma pessoa, e etc e etc e tal.. gosto de ver pessoas sofrendo! E vocês.. quero como banquete do meu prazer em vê-los se contorcendo, tentando super um vírus! Tal como essa garotinha, conseguiu de alguma forma conte-lo em seu próprio olho!
- CADÊ ELA?! - falei
- Está ali.. - disse - Olhe como ela está.. - terminou
Fui até ela, ela estava parada como estatua, seu olho mudou a cor muito facilmente, mas.. ele não era o mesmo, seu olho foi completamente tomado na cor amarela, desde a pupila até o resto do olho, ela olhava para algo, para o nada..
- O que você.. O QUE VOCÊ FEZ COM ELA?! - falei
- O vírus já tomou o olho dela por completo, ele está indo para o cérebro, e quando chegar lá, ela só vai ouvir o que eu digo.. - disse Jarbas
- SEU IMBECIL - gritei correndo em direção á ele, até que bati em uma grade - AWH! DE ONDE SURGIU ESSA MERDA DESSA GRADE?!
- Pois é, né.. esse é a fase.. do chefão! Mas não é você que vai lutar.. quero ter uma luta com meu irmão, e se possível, você vai tentar sobreviver ao AMOR que você tanto ama.. não é? - disse Jarbas
- Perai... como sabe disso? - falei
- Sei interpretar os olhos das pessoas... - disse Jarbas
- Então você quer uma luta, irmão? - disse Nerv
- Claro.. - falou atirando uma espada para Nerv, e segurando outra.
Me virei, e sentei no chão, olhando para Noel, a vendo, e pedindo a mim mesmo que ela tem que viver, ela só precisa... viver comigo..


Nerv
Peguei a espada que Jarbas atirou a mim, e mesmo que ele tenha sido melhor, mesmo que tenha feito aquilo... me sinto seguro, e tenho certeza que posso superar ele com o que ele fez, mas.. eu só quero viver em um mundo de paz, longe desse vírus. E então a luta se iniciou dessa forma: Cruzamos as espadas, de forma que fazia um ' x ' e então as espadas desceram fazendo faíscas. Trocamos olhares, e então ele começou a atacar, e por mesmo que tentasse, eu conseguia defender, até que ele atacou de forma que fosse atingir meu pescoço, apenas me abaixei, e o ataquei, o que então rasgou sua camisa social preta e o cortou um pouco, e então ele caiu no chão.
- AAAAHWR - Jarbas se levantou com raiva, pronto pra me atacar, até então as espadas se cruzaram fortemente, e usamos a força que conseguíamos pra segurar a espada firme.
As espadas estavam presas, uma contra a outra, punhaladas por duas forças, a minha e a de Jarbas, até que então as espadas se soltam a são atiradas para longe.
- É TUDO CULPA SUA! - gritou Jarbas
- VOCÊ NÃO PRECISA FAZER ISSO.. JARBAS, VOCÊ PRECISA.. PARAR! - falei e tudo isso me fez lembrar de como nós dois mudamos, e o que a morte do nosso pai fez para nosso futuro.


Flash Back ⇝ O futuro de dois irmãos
Eramos uma família simples, mas eramos apenas Pai e dois filhos, nesse caso, eu e Jarbas. Jarbas nunca foi legal depois que nossa mãe morreu com câncer, que antigamente era uma doença muito forte e matava muito facilmente, e agora na atualidade já não é tão grave, e sim muito simples. Nosso pai fazia uma questão enorme que a gente aprendesse Luta de espadas, pois era algo tradicional e hereditário, ou seja, ele aprendeu com o pai, que então o pai dele também aprendeu com o pai, e assim por diante. E na nossa adolescência, aprendemos muito, foi então que certo dia aconteceu, e mudou o meu futuro, e o futuro de Jarbas. Jarbas sempre teve raiva de nosso pai, por ele não dar valor as coisas que ele fazia, e por isso..
- Jarbas? Vai vim para treinar comigo? - disse o pai.
- Aaah, mas eu to ocupado! - falou ele
- Veeem - falei - Eu também vou.. vai ficar sozinho em casa..
- Ta! - fez maior cara e foi.
Na sala onde treinávamos, foi assim que começou, Jarbas por alguma forma se irritou com nosso pai e então a luta entre os dois havia começado, eu tive que sair, pois precisava atender o telefone, que estava tocando. A pessoa da outra linha me dizia que eu tinha sido aceito em uma Faculdade, e eu devia fazer minhas malas pra me mudar. Eu desliguei, e fui correndo para lá avisar, até que então vejo: Meu pai, caído no chão no meio de uma poça de sangue, e do outro lado Jarbas, que olhava, sem uma mínima lágrima no rosto, apenas falou " Desculpa ", e depois fugiu. Ali fiquei sozinho, chorando aos prantos. Ali se mudou o futuro entre dois irmãos..


Joshua
Depois que as espadas se soltaram e voaram para longe, me levantei  e olhei para Noel, ela estava bem parada, até que então ela mudou a posição do olhar e olhou para mim, ela não tinha um pingo de sentimentalismo, ela me encarava forte, até que então apareceu uma notificação na tela onde Jarbas visualizava toda a caverna com variadas câmeras e usava o auto-falante com variadas outros comandos, inclusive fazer tais grades que me prenderam ali. A notificação avisava que tal vírus que se espalhou nela, junto de alguma coisa que fazia ela apenas ouvir os comandos do Jarbas, havia sido completado, e ela tinha toda forma de poder.. me matar.
- PRONTO! - disse Jarbas que se pôs a comemorar - Queira ou não, agora Joshua.. vai morrer!
- JARBAS, PARE! - disse Nerv - Por favor.. eu te imploro, não faça isso...
- Noel! Mate.. JOSHUA! - falou em voz alta
Noel se levantou, encarou em mim..
- NOEL.. POR FAVOR.. PARE! - falei
Ela pegou a espada que havia na sua cintura, de certa forma, Jarbas, já tinha preparado tudo isso para.. me matar. Ela então vai me atacar, e então consegui pegar minha espada e me defender.. mas ela estava muito forte, nada podia acontecer além dela me matar.
- JARBAS PARE - falou Nerv
- ELE MERECE MORRER, E VOCÊ TAMBÉM DEVE! - falou e pegou a espada que estava no chão e foi a atacar Nerv, ele deu variados ataques, mas Nerv conseguiu desviar, até então cair no chão, a sua unica opção era pegar a espada que tinha do seu lado, mas ele conseguiu rolar para o lado e pegar a espada e então se levantar, até que então lembrei das balas que Nerv havia fabricado, mas não conseguia segurar muito com Noel ali, então me levantei e uma luta de espadas se iniciou dos dois lados opostos á grade.
- NERV, ONDE ESTÃO AQUELAS BALAS?, ESSA É A ÚNICA FORMA... DE ACABAR. - falei  gritando
Nerv segurou Jarbas com a espada e o empurrou, o que então fez ele cair e ter tempo para jogar uma bala com o anti-vírus  para mim. Então peguei , mesmo assim Noel  ficou atacando a espada, que batia no chão, mas.. não me acertava, eu tinha uma grande chance de pegar a arma que ficava do meu lado direito da cintura ( A espada ficava nas minhas costas ), coloquei a bala e puxei o gatilho, levando a bala bem nela, o que então entrou no corpo dela, e matou todo o vírus, fazendo ela voltar ao normal e podendo ter a própria consciência.
- O.. que houve? - disse e logo percebeu - JARBAS, O QUE VOCÊ FEZ, FILHO DA MÃE!!! - gritou
- AAAWHR - Jarbas se irritou mais, mas mesmo assim, Nerv teve a possibilidade de abrir as grades, pelos botões que apertou, acabou abrindo o elevador, e as jaulas onde todos infectados que tinham sido usados como experimentos.
- CORRE! - gritei, e Nerv, Noel e eu corremos em direção ao elevador, e entramos.
Os infectados saíram das jaulas correndo, iam para vim em direção ao elevador, mas com tempo, o elevador se fechou e desceu. e então voltamos para o Penúltimo andar, não havia ninguém, até então fomos para onde todos estavam.
- O que aconteceu? - disse Yosh
- Acho que os infectados que estavam lá mataram Jarbas.. - falei
- Tinha infectados lá??? - disse Mycha
- Claro.. estavam em uma jaula que tomava uma parede completa, e por sorte a gente conseguiu entrar no elevador a tempo.. - disse Nerv
- Pois é.. - falou Noel um aliviada, seus olhos estavam normais agora, ela não tinha mais um tapa olho, pois Jarbas havia tirado, mas mesmo assim, não precisava mais dele
- O que aconteceu com você? - disse Rose
- Ela tinha meio que sido infectada por completo... - falei
- E usamos a bala anti-vírus que eu criei quando peguei vírus que estavam contidos no olho dela e não tinham sido proliferados.. - disse Nerv
- Aaaah... aceita um suflê de morango? eu consegui vários ali naquela maquina - disse Rose
- Legal.. vou pegar um! - falei indo em direção a maquina e pegando um e comendo
- EU QUERO TAMBÉM - disse Noel que pega um da minha mão.
avatar
Jo-shito

Mensagens : 46
Data de inscrição : 25/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Sab Jan 02, 2016 9:02 pm

Todos unidos mais uma vez, uma linda cena antes da guerra. Seria uma pena, se do nada tudo isso acaba-se,não? Se os infectados mais evoluidos de niveis mais altos entrassem naquele lugar, certo? Bom, foi exatamente isso o que aconteceu..

- PUTA QUE PARIU - gritou Mycha, escondendo-se atrás de Yosh

- VAMO LÁ, DO JEITO QUE ENSAIAMOS - gritei, fazendo uma pose - FLORZINHA!!

- DOCINHOOO - grita Rose, participando

- LINDINHA - gritou Mussy

- NÓS SOMOS, AS MENINAS SUPER PODEROSAS!! - gritamos, as três juntas

- O que vocês tão fazendo vei? - pergunta Yosh

- Desculpa - diz Mussy enxugando a lágrima

- \ò.ó/ - continuei em minha pose - \õ7

- Vam pra luta logo bros - diz Rose, sacando sua arma

E ali se começa, uma luta escassa, com muito sangue, muitos horrores. Muitas imagens, que se ali estivessem sido filmadas, seriam fortes demais para uma pessoa comum acreditar.

Estava difícil, estava árduo. Vinham muitos deles, de todos os lados, e sabiam lutar.

- Gente não é a professora ali? - pergunta Mycha

- DEIXA EU MATAR - grita Mussy do outro lado

- NÃO EU, EU - gritei, correndo atrás

- PO EU VI PRIMEIRO - diz Mycha

- Ah, deixa que eu mato - diz Joshi perfurando o coração da professora, a matando. -
Pronto.

- JOSHI!!! - gritamos, as que queria matar a professora, juntas e saimos correndo atrás dele, ignorando todos os infectados ali presente, descendo as escadas da caverna. Putas da vida com ele, ele apenas ria enquanto corria.

~~

- Eles são... divertidos - diz um menino de 11 anos ali presente

- Sim, mas coloca isso ai logo - diz o mais velho

- Espero que consigam sair a tempo - volta a dizer o de 11 anos, e assim faltavam 60 segundos para a bomba explodir e acabar com tudo aquilo - é um ótimo fim, certo?

- Nós merecemos - disse o mais velho - Foi um prazer poder ter ajudado aquela menina

~~

- EU QUERIA TER MATADO - grita Mycha

- SOUL, ATIRA RAIO LASER NELE - pedi

- Hm.. não, prefiro assistir vocês correndo atrás dele - sorriu


avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Dom Jan 03, 2016 12:07 pm

_ Volta aqui JOSII - Gritei tentando pular em cima dele. Começamos a fazer o maior fuzuê e os outros sem alternativa tiveram que nos seguir, estávamos saindo da caverna, na verdade à caminho da saída.

_ Vocês não me pegam - Diz ele saltitando enquanto cantarolava.
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Babunya em Dom Jan 03, 2016 12:52 pm

Ao sairmos da caverna, uma forte explosão aconteceu atrás de nós. Praticamente voamos para frente, e nossos ouvidos zumbiam pelo barulho

- O QUE FOI ISSO? - gritou Mycha

- Está assustada? - questiona Yosh, rindo

- N- não- gaguejou -SAI DE PERTO

- C-conseguimos - diz Mary - eliminamos o núcleo de tudo

Suspiramos aliviados, o mundo não seria mais desimado ou destruido, mas ainda havia muito a se fazer. Caminhamos pelo caminho de terra de volta, e no fim desse caminho, na entrada da rua sem saida, haviam muitos soldados ali, três helicóptero,e bem nossa família.

- Entrem logo, precisamos fugir - disse o soldado moreno

- O que houve? - pergunta Yudi

- Somos os únicos sobreviventes - respondeu - a cidade está infestada

Após comprimentarmos nossas famílias, subimos nós os salvadores da terra, em um helicóptero, e eles nos outros dois juntos com os soldados.

- GENTE O PILOTO DORMIU - gritei

- ZEQUINHA VOCE NÃO SABE PILOTAR SAI DAI - grita Mussy o chamando

- NÓS VAMOS MOORRREEEEEEERRRRR - grita Mycha

- Peguem os paraquedas rápido - diz Yudi

- PAREM DE APERTAR OS BOTÕES BROS - grita Rose

- FODEU - diz Yosh ao ver que não haviam paraquedas suficientes

- Sufle, salve-me - diz Rose

- EU NAO SOU SUFLE Ç.Ç - grita Yosh

- Tive uma ideia - diz Joshi, colocando o paraquedas e pegando Noel

Os meninos puseram um paraquedas e as meninas deram as mãos a eles, e depois todos deram as mãos, pulando formando uma roda no céu.

- Bateria... - diz Soul - acabando..

- PORRA NÃO - gritei

- Brincadeira - sorriu, me puxando para mais perto, dando-me um beijo na testa

- E a dieta monkey-chan? Vai bem? - diz Yudi

- SE FUUU - grita Mussy

- Se quiser, eu mudo meu nome para sufle..- diz Ichigo, timido

- Vlw bro - diz Rose - chuif

- Voce cresceu - sorri Yosh

- Sério? - pergunta Mycha,corando

- NÃO,HÁ - grita alto

- POOO. - grita Mycha, tentando o chutar

- Obrigada..- diz Noel - por me salvar

- Você que me salvou - diz Joshi - sem você eu estaria perdido

- Q-QUEREM PA-PARAR COM O HE-HENNTAI? - Grita Mary,de dentro de minha mochila,mas é tirada por Nerv, e os dois saem descendo na frente um olhando para o outro.

- O amor é lindo bros -diz Rose

- Onde vamos cair? - pergunta Ichigo

- Sei lá - diz Mussy

- ESQUECEMOS DO PILOTO PUTA QUE PARIU - grita Mycha

- Ah, foda-se - falei

- Estamos chegando - diz Yudi

- PARTIU CRIAR O NOVO MUNDO - Gritamos, todos.

Bem, a cidade que estavamos, foi fechada, agora conhecida como A cidade dos infectados,totalmente isolada, as pessoas não se atrevem a chegar perto,mas ainda ocorrem lendas e mitos sobre o lugar, e sobre os heróis. Ainda se escutam passos e gritos de lá, de pessoas que não mais voltaram a vida. Sobre Jarbas, nada se sabe,ele pode estar circulando por ai, ele pode ser o novo tio,o sorveteiro. Então,tomem cuidado.

avatar
Babunya

Mensagens : 326
Data de inscrição : 09/01/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Mussyinha em Dom Jan 03, 2016 3:07 pm

E assim acaba a grande aventura entre seis bravos guerreiros jovens e seus amigos (e até mais que amigos). Agora vamos falar o que aconteceu com cada um após esta grande batalha.

Rose e Ichigo, apesar de tudo, mesmo com Ichigo se esforçando para tentar sair da famosa FZ, tenta de tudo para chamar atenção da menina dos cabelo esverdeados, mas acaba sendo confundido 90% das vezes por um suflê de morango. Os dois sempre estão juntos, principalmente por parte de Ichigo, e ficam fazendo plantão no exército para manter a ordem e a paz. E quem sabe algum dia Rose deixe de ver Ichigo apenas como um suflê de morango, basta ter fé, certo?

Mary, ou como preferir ; Hibiki, foi muito útil para estabelecer a nova ordem do 'Novo Mundo' e é uma das maiores entidades desta nova época, e também uma das maiores jogadoras de LOL de todo mundo existente. Ela mesmo depois de morta aparenta estar muito feliz, porque mesmo assim ela achou um lugar aonde realmente pertencer, e amigos à quem sempre confiar, sem se importar com quem ela realmente é. E sem esquecer que agora ela sempre está sendo notada pelo seu mais querido senpai; Nerv. Oque mais ela poderia querer?

Mycha além de passar a ter algumas missões envolvidas com o exército, ela passou a morar numa casa calma e bonita junto de Yosh, que virou um dos generais de tropa, e ela sempre sendo seu braço direito, e claro que piadinha relacionadas a sua altura não pararam, e ela passou a repartir a motocicleta com Zequinha, um amigo intimo dos dois. E claro, a casa aonde Mycha e Yosh ficaram é uma casa em cima de uma alta montanha, aonde dava para ver toda a cidade de baixo, e logo após terem se mudado compraram um filhotinho chamado nada mais e nada menos que Grow.

Mussy depois de um tempo da mudança decidiu parar com os eventos relacionados com o exército, ao contrário de Yudi que continuo com sua mesma importância antes de todo o ocorrido, e voltou a ficar apenas em sua casa, mesmo tendo superado a morte de seu querido amigo de infância, Hikaru, claro que não havia esqueci complemente dele, mas ela agora havia vários amigos e muitas aventuras pela frente. Agora o relacionamento dela e do Yudi mesmo não sendo nada oficial, qualquer um que ver diria que são um casal, mesmo a morena sempre negar e o Loiro apenas rir da cara dela, e assim acabar em uma grande briga, no fim em relação a eles não mudou nada.

Baby começou a ficar com Soul, eles são uma equipe, e fazem bem qualquer trabalho juntos. Eles passaram a ser uma das maiores potencias de força do exército, como Baby consegue entende-lo melhor, ela consegue fazer um trabalho em cooperação excelente, sem contar que ela é uma das únicas pessoas que Soul admira e gosta, então não se importa nenhum pouco de ter a Ruiva como parceira, e Baby também não se importa de te-lo como dupla, seja humano ou um robô. Poucos entendem a relação deles, e não conseguem explicar; mas eles não ligam, desde que tenha um ao outro eles não se importam com opiniões alheia, os dois apenas estão seguindo em frente para um Novo Mundo melhor e claro com muita curtição e zoação

Joshi e Noel voltaram a morar pacificamente numa casinha perto da cidade, os dois estavam bem felizes juntos, não sabemos que tipo de relação eles possuem agora, mas Joshi e Noel estão preparados para qualquer missão que necessitar  eles. Na pequena casa deles ainda havia uma foto de toda família de Joshi junta, com noel ao lado deles também, claro. Eles vão continuar a viver e seguir em frente, por eles e pelos entes queridos que no passado foram mortos pela infecção; mas para isso que tem o futuro, seguir e frente e orgulhar aos que já foram que eles estão lá, felizes e bem, e nunca irão esquece-los, e irão viver por eles ; esse é um ótimo exemplo entre Joshi e Noel.

Bem, e é assim que nossos bravos heróis estão agora, mesmo alguns terem perdido pessoas importantes, mesmo maioria do mundo tendo se perdido na mais baixa solidão; eles continuaram a viver, e não vão desistir, e com certeza esse Novo Mundo será um lugar aonde terá paz e alegria.  E claro que nossos heróis eles ainda mantem contato um com os outros, todo o dia eles se encontraram para aprontar alguma, rir e zoar, porque a vida é curta demais para ficar se lamentando, certo? Então, é assim que eles irão viver de agora em diante, e provavelmente as próximas gerações também. Sempre erguendo a cabeça e seguindo em frente
avatar
Mussyinha

Mensagens : 268
Data de inscrição : 09/01/2015
Idade : 19
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RPG] Byouki no Sekai

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 22 de 22 Anterior  1 ... 12 ... 20, 21, 22

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum